quarta-feira, 27 de abril de 2022

INAUGURAÇÃO | EXPOSIÇÃO PASSO PARTILHADO . SHARED FOOTPRINTS | Joanne Grüne-Yanoff . Irene Buarque


 


A exposição Passo Partilhado surge do diálogo entre as artistas Irene Buarque e Joanne Grüne-Yanoff, cujas obras exploram a simbiose entre movimento e transformação. Materialidades, temporalidades e sensibilidades em fluxo encontram-se na instalação agora apresentada na Galeria Diferença, que integra a peça Passo-a-Passo (1983), de Irene Buarque, e uma série de pegadas Grüne-Yanoff, entre outros trabalhos.



The exhibition Shared Footprints emerges from the dialogue between the artists Irene Buarque and Joanne Grüne-Yanoff, whose works explore the symbiosis between movement and transformation. Materialities, temporalities and sensibilities in flux can be found in the installation now presented at Gallery Diferença, which integrates the piece Passo-a-Passo (1983), by Irene Buarque, and a series of Grüne-Yanoff footprints, among other works.

                                 

                           


https://www.joannegruneyanoffart.com/
http://www.irenebuarque.com/

APRESENTAÇÃO DO CATÁLOGO DA EXPOSIÇÃO GREENHOUSE / SEMEAR





 

sábado, 26 de março de 2022

EXPOSIÇÃO GREENHOUSE / SEMEAR | ISABEL GARCIA | 02.04.2022 | 16.00 - 20.00




GREENHOUSE/SEMEAR


SEMEAR os quatro cantos do mundo numa Greenhouse, é a metáfora da recriação do planeta que habitamos.

Dentro da sala quadrada da Galeria, cujas proporções se aproximam do cubo, podemos imaginar os pontos cardeais Norte, Sul, Este, Oeste, em cima Zénite e em baixo Nadir. Orientações primordiais que permitiram que as sociedades primitivas se organizassem em territórios que lhes pareceram propícios. O acto de espetar uma estaca no solo, ou amontoar uma quantidade de pedras, era o sinal da fundação. 

Tomando a sala quadrada como o lugar escolhido para a fundação, Isabel Garcia demarca o território onde encena a criação de um mundo glacial, asséptico, intocado, disponível para todas as possibilidades. 

Nas quatro direcções desse mundo, são semeadas matrizes que contêm a génese de tudo o que é material e visível: animais, vegetais, minerais, terrestres, aquáticos e aéreos. 

Semear de novo o mundo dentro de uma Greenhouse cúbica, pode parecer uma brincadeira de criança que povoa uma casa de cartão.

 Encenar e teatralizar, faz parte da aprendizagem e é um acto de entendimento e interpretação da vida e do mundo.